O carnaval é uma festa que tradicionalmente movimenta o interior goiano, atraindo muitos turistas e, consequentemente, gerando renda e aumentando a arrecadação de tributos. Visando fortalecer cada vez mais o evento no calendário do Estado, o Governo de Goiás, por meio da Goiás Turismo, destinou mais de R$ 4 milhões para apoiar cerca de 50 municípios que prepararam uma programação especial para os festejos carnavalescos de 2014.

O retorno foi bastante positivo. Segundo estimativas da Diretoria de Pesquisas Turísticas/Iptur da Goiás Turismo, o gasto total dos mais de 214 mil turistas que estiveram nos municípios contemplados com os recursos estaduais nos quatro dias de festa foi superior a R$ 77 milhões, quantia que gera uma arrecadação de impostos de cerca de R$ 25,5 milhões.

Os eventos impactaram em mais de 2 milhões de pessoas, entre turistas e moradores dos municípios, já que a população das cidades beneficiadas representa 40% da população de Goiás. As estimativas são baseadas em levantamentos da oferta turística e pesquisas de demanda no Estado de Goiás nos anos de 2012, 2013 e 2014 e que estão publicados no site www.observatoriodoturismo.tur.br, e também em dados do Instituto Mauro Borges.

Além da arrecadação tributária, essa intensa movimentação refletiu sensivelmente na economia das cidades que realizaram eventos no carnaval. Hotéis, pousadas, restaurantes e demais estabelecimentos ligados ao turismo foram beneficiados. “O turismo é uma atividade que envolve mais de 50 segmentos. Os investimentos em turismo têm retorno garantido”, garante o presidente da Goiás Turismo, Leandro Garcia.

Ele destaca que o carnaval no Estado tem a característica de oferecer opções que agradam aos mais variados gostos, tanto em atrativos turísticos quanto em programação específica de carnaval. “Queremos consolidar o carnaval goiano entre os melhores do País”, afirma. Vale ressaltar que a variedade de alternativas para passar o feriado faz com que os goianos permaneçam dentro do Estado. “Pessoas que poderiam viajar para outros estados escolhem um destino em Goiás mesmo, fazendo com que o dinheiro não saia daqui”, diz Leandro Garcia.

Além de incrementar o turismo, os shows e festas programados para o feriado também tiveram o papel de levar entretenimento aos próprios moradores das cidades. É o que destaca o prefeito de Corumbá de Goiás, Célio Fleury, que esteve na Goiás Turismo após o feriado. “A programação do carnaval garantiu festividade para nossos jovens, evitando que saíssem da cidade”, ressalta.

Segundo o prefeito, o público da festa em 2014 foi muito alto, surpreendendo até mesmo o empresariado local. “Nosso município está muito bem localizado, próximo tanto a Goiânia quanto a Brasília, e recebemos grande quantidade de visitantes. Os shows agradaram bastante e tudo correu com muita segurança e tranquilidade”, comemora. Célio Fleury destaca a importância do apoio do Governo de Goiás e da Goiás Turismo. “O investimento estadual garantiu a realização do nosso evento, que trouxe frutos muito positivos para Corumbá de Goiás. Queremos fortalecer essa parceria”.

Pesquisa

Para conhecer melhor o perfil do público do carnaval no interior, a Diretoria de Pesquisas Turísticas/Iptur, em parceria com as prefeituras municipais e a Polícia Militar, realizou pesquisas de demanda turística em Aruanã, Cidade de Goiás e Pirenópolis. Pesquisadores abordaram os turistas na saída das cidades de 2 a 5 de março.

Os questionários aplicados visam identificar o perfil dos turistas e também a demanda turística nos destinos durante o feriado. Após a conclusão dos trabalhos, os resultados das pesquisas serão divulgados no site www.observatoriodoturismo.tur.br.